O polêmico magnata e pioneiro do antivírus John McAfee morreu na quarta-feira por suicídio em uma cela de prisão em Barcelona, horas depois de relatos de que ele seria extraditado para enfrentar acusações federais nos EUA.

McAfee tinha 75 anos. Diz-se que ele morreu enforcado “já que seus nove meses de prisão o levaram ao desespero”, segundo o advogado de McAfee, Javier Villalba, informou a Reuters. O pessoal da segurança da prisão Brians 2 tentou reanimar McAfee, mas ele acabou sendo declarado morto, segundo a Associated Press.

A notícia de sua morte vem depois que o Tribunal Nacional da Espanha aprovou sua extradição para os EUA para enfrentar acusações federais de sonegação fiscal criminal.

McAfee trabalhou para a NASA, Xerox e Lockheed Martin antes de lançar o primeiro software antivírus comercial do mundo em 1987. Mais tarde, ele se demitiu da empresa de segurança homônima em 1994.

O ex-magnata da segurança cibernética que se tornou fugitivo foi detido na Espanha em outubro passado por ” falha intencional em apresentar declarações fiscais“, com o Departamento de Justiça dos EUA (DoJ) alegando que McAfee evadiu o passivo fiscal ocultando ativos e direcionando seus rendimentos para contas bancárias e contas de câmbio de criptomoedas em nomes de indicados.

No início de março deste ano, o DoJ indiciou a McAfee pela segunda vez por fraude bancária e lavagem de dinheiro por usar as mídias sociais para realizar um esquema ilegal de criptomoedas que supostamente rendeu US$ 2 milhões, bem como promover ofertas iniciais de moedas (ICOs) sem revelar que ele estava sendo compensado “para divulgar esses títulos em nome da ICO”.

Em 15 de outubro, após ser levado sob custódia na Espanha, McAfee tuitou:“Estou contente aqui. Eu tenho amigos. A comida é boa. Tudo está bem. Saiba que se eu me enforcar, à la Epstein, não será culpa minha”, tuitou.

Fonte: Antivirus Pioneer John McAfee Found Dead in Spanish Jail (thehackernews.com)

$current_language_code = apply_filters( 'wpml_current_language', null ); alert($current_language_code); function alert($msg) { echo ""; }